Porquê o mercado de ações norte-americano


O índice de referência S&P 500 da Standard & Poors é um dos mais comumente usados no mercado de ações global nos EUA. O Dow Jones Industrial Average (DJIA) foi, a determinada altura, o índice mais conhecido das bolsas dos EUA, mas como o DJIA contém apenas 30 empresas, a maioria das pessoas concorda que o S&P 500 representa melhor o mercado norte-americano.

O S&P 500 foi concebido para ser um indicador importante das ações dos EUA e destina-se a refletir as características de risco/ rendimento das grandes sociedades de capital listadas nos Estados Unidos. As empresas incluídas no índice são selecionadas pela Comissão de Índices da S&P, uma equipa de analistas e economistas da Standard & Poor's. O S&P 500 é um índice ponderado do valor de mercado - o peso de cada ação é proporcional ao seu valor de mercado. Na verdade, muitos consideram que é a DEFINIÇÃO do mercado.

Estas 500 empresas abrangem cerca de 75 por cento do mercado de ações por capitalização americano. Estão listadas numa das muitas bolsas de valores americanas, como a NYSE e NASDAQ.

Há muitas razões para investir no Mercado de Ações dos EUA. Abaixo estão os destaques de algumas das mais importantes razões:

Clique na imagem para ampliá-la

1.

Maior rendimento consistente na história mundial

A longo prazo, investir numa carteira bastante diversificada de ações S&P 500 irá produzir uma média anual geométrica de 9,55% de 1928-2015.  No entanto, nos últimos 50 anos, as empresas S&P 500 tiveram, em média, um rendimento anual ainda melhor, de 9,8%. Nenhum outro mercado superou esse rendimento. Por outras palavras, não é preciso ser um génio de investimentos para ganhar 9,8% de rendimento sobre o seu investimento todos os anos nos últimos 50 anos. Tudo o que precisa de fazer é comprar uma série de ações S&P 500 e mantê-las.

Foi exatamente isto que fez Warren Buffet, a maior parte do tempo. Naturalmente, ele é um génio de investimentos; a sua empresa, a Berkshire Hathaway, comprou ações ao melhor preço e ele ajudou essas empresas a atingir todo o seu potencial com uma força de trabalho de mais de 250.000. Portanto, a Berkshire Hathaway teve, em média, um crescimento anual do valor contabilístico de 19,7% aos seus acionistas durante os últimos 50 anos, desde 1965!

As estatísticas não mentem. Factos são factos. As empresas S&P 500 continuarão a superar todos os seus pares, de qualquer mercado no mundo.


Confiança para investir

Como o mundo avança

2.

Maior volume de transações

O volume diário negociado na NYSE e NASDAQ é, em média, de cerca de 150 biliões de dólares. Como investidor, você quer investir num mercado fortemente negociado de modo a ter a opção de comprar e vender o seu investimento ao preço que deseja.


Fazer frente com firmeza a quaisquer perigos do mercado

3.

Mercado de Capitais do Mundo

Os Estados Unidos da América são o país que gere a maior parte do capital mundial. É o país com o maior número de indivíduos com património líquido elevado, grupos com rendimentos médios e fundos. Estes indivíduos e agentes institucionais constituem os maiores compradores no mercado de ações dos E.U.A. Esta enorme quantidade de fundos forma a espinha dorsal do mercado de ações dos EUA e, assim, impedem pequenos jogadores de sofrerem durante o período de crise. Além disso, nenhum outro mercado de ações se recupera mais rápido do que a Estados Unidos pós crise, uma e outra vez desde a Grande Depressão da década de 1920.


Dinheiro não é riqueza, mas ajuda a criar riqueza

4.

Banco de reserva federal

O Banco de reserva federal é a organização financeira mais rica e poderosa do mundo atualmente. As suas políticas ditam a economia dos Estados Unidos da América e do mundo, em certa medida. A Reserva Federal tem sido sempre amiga do mercado e os seus programas de flexibilização quantitativos de 2008 - 2014 ajudaram a economia dos EUA e do mercado de ações a recuperar da crise financeira 2007/8. Na verdade, o S&P 500 atingiu vários picos durante este período.


5.

Um mercado independente

O mercado de ações dos Estados Unidos é considerado um dos mais livres no mundo em termos de intervenção do governo e não é afetado por mudanças políticas internas, tais como a eleição de um novo Presidente.


A sua capacidade de sonhar e realizar não é limitada

6.

Aberto a todos

Qualquer pessoa com mais de 18 anos no mundo (exceto os nacionais dos países sob embargo dos EUA) podem de facto comprar ações listadas em no mercado de ações americano através de uma corretora. Os nossos membros vêm de centenas de países e conseguiram negociar no mesmo mercado sem restrições, é um enorme fator acrescido para a Financial.org se concentrar no mercado de ações norte-americano.


7.

Bem Regulamentado

Existem bastante mais de 30 câmbios Bolsistas e Eletrónicos nos Estados Unidos da América. Todos eles, incluindo a NYSE e a NASDAQ, são considerados como sendo alguns dos mais transparentes e rigorosamente regulados. No vértice desta estrutura reguladora situa-se a Comissão de Títulos e Câmbios dos Estados Unidos, a qual atua como um organismo regulador amplo constituído por diversas divisões para garantir um mercado justo e eficiente. As leis Financeiras e de Segurança dos Estados Unidos da América são, hoje em dia, das mais atualizadas e abrangentes do mundo. Até mesmo muitas das maiores instituições financeiras mundiais, tais como: Deutsche Bank, Bank of America, JP Morgan Chase, Goldman Sachs, Citigroup e HSBC foram todas autuadas em milhares de milhões de dólares pela SEC há poucos anos, por infringirem as leis. Ninguém brinca com a SEC!


Ultrapassa as suas necessidades financeiras

Realize o seu sonho

8.

A América é o centro da criação e grandes ideias

As empresas S&P 500 lideram o mundo, quer você goste ou não. Os seus produtos definem a tendência global, salvam vidas de milhões, entretêm centenas de milhões e globalizam o mundo de hoje. O iPhone, Facebook, Windows, vacinas, medicamentos, aviões, armas, microchips, fibra ótica e tantos outros foram criados e comercializados por uma ou mais das empresas S&P 500 ou as suas filiais. Como pensa que teria sido possível proporcionarem, de outra forma, um lucro anual de 9.8% na maior parte do último século!?!


9.

Fator Dólares Americanos

Não invista todo o seu dinheiro num único negócio. Nunca guarde o seu dinheiro numa única moeda. Os investidores de todo o mundo foram sempre aconselhados a manter cerca de 20-30% dos seus ativos em dólares norte-americanos porque o USD ainda é a moeda n.º 1 do mundo atual. É um seguro contra a depreciação e desvalorização da moeda local. Como é que os indivíduos com maior património financeiro e as Instituições Financeiras mantêm a sua carteira de USD? Compram Títulos do Tesouro dos EUA, títulos e ações das empresas S&P 500.

Conclusão:

As pessoas mais ricas do mundo investem e possuem ações das empresas S&P 500. Carl Icahn, Bill Gates, Jeff Bezos e Warren Buffet, só para citar alguns. Bancos, fundos mútuos e instituições financeiras de todo o mundo possuem ações das S&P 500 nos Estados Unidos. Não há NENHUMA razão para que qualquer um de nós não possa fazer o mesmo. Investir nas maiores empresas americanas é a estratégia de investimento CERTA para todos!


Termos e Condições | Declaração de privacidade
Financial.org é uma plataforma educativa. NÃO negociamos títulos nem recebemos qualquer benefício financeiro dos Operadores de Produtos e Serviços Financeiros.